UFPR adia 1ª fase do vestibular por situação da covid-19 no Paraná

UFPR adia 1ª fase do vestibular por situação da covid-19 no Paraná

UFPR (Universidade Federal do Paraná) anunciou nesta segunda-feira (15) que a primeira fase do vestibular 2020/2021 foi adiada. A aplicação da prova estava prevista para o dia 28 de março, ou seja, daqui duas semanas.

A universidade justifica que o adiamento é causado pelo agravamento da pandemia de covid-19 no Paraná. Ainda não há definição sobre uma nova data, que “será definida tão logo se tenham parâmetros adequados para garantir a biossegurança dos envolvidos na prova de seleção, tanto em Curitiba quanto nas cidades do interior do estado”.

Além do vestibular da UFPR, também estão suspensas as provas aos cursos do Setor de Educação Profissional e Tecnológica e ao cargo de Cadete Policial Militar e/ou Bombeiro Militar para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado do Paraná.

A UFPR afirma que levou em conta o decreto da prefeitura de Curitiba, que vale até o próximo dia 21 de março. As medidas impõe uma espécie de lockdown, com suspensão do funcionamento de atividades como comércio em geral, shoppings, academias e parques. Apenas os serviços essenciais, como mercados, panificadoras, farmácias e postos de combustíveis, estão autorizados a seguir funcionando.

VESTIBULAR DA UFPR É SUSPENSO: LEIA O COMUNICADO OFICIAL

Confira o comunicado oficial sobre a suspensão do vestibular da UFPR. O documento foi assinado pelo reitor Ricardo Marcelo Fonseca e a pró-reitora de Graduação e Educação Profissional, Maria Josele Bucco Coelho. Leia a íntegra:

A Universidade Federal do Paraná, por intermédio de seu Núcleo de Concursos (NC/UFPR), unidade instituída em caráter permanente pela Portaria nº 95-UFPR, de 12/06/2002, está acompanhando atentamente o avanço da crise sanitária decorrente da COVID-19 (coronavírus, SarsCov-2), que culminou na situação dramática que vive a capital e o interior do Estado do Paraná.

Na esteira desses acontecimentos, na sexta-feira, dia 12/03/2021, o Excelentíssimo Prefeito da Cidade de Curitiba emitiu o Decreto nº 565/20211 , dispondo sobre medidas restritivas a atividades e serviços para o enfrentamento da emergência em saúde pública, conforme Protocolo de Responsabilidade Sanitária e Social de Curitiba. Vale ressaltar que o desenrolar de tal cenário já era apontado pela Nota Técnica 082, de 01/03/2021, emitida pela Comissão de Acompanhamento e Controle de Propagação do Novo Coronavírus na Universidade Federal do Paraná.

A mídia vem noticiando amplamente os acontecimentos dramáticos que assolam não somente o Estado do Paraná, mas a grande maioria dos Estados do País, com números alarmantes, e ainda crescendo. Diante desse cenário, marcado por uma instabilidade crescente, o Núcleo de Concursos da UFPR, primando pela responsabilidade para com a biossegurança dos candidatos, seus familiares, e responsáveis pelos locais de aplicação de prova, e em coerência tanto com o Decreto no 565/2021 da Prefeitura Municipal de Curitiba quanto com as recomendações apontadas pela Nota Técnica Nº 08, emitida pela Comissão de acompanhamento e controle de propagação do novo Coronavírus na Universidade Federal do Paraná sobre a evolução da COVID-19 no Estado do Paraná, e, sobretudo, solidarizando-se com as vítimas do novo Coronavírus, seus familiares e as já
exauridas equipes da área da saúde que atuam na linha de frente nos hospitais para atender a LONGA fila de espera por um leito, informa que está adiada a Prova da 1ª Fase do Processo Seletivo de Ingresso à UFPR, que ocorreria em 28/03/2021.

Nova data será definida tão logo se tenham parâmetros adequados para garantir a biossegurança dos envolvidos na prova de seleção, tanto em Curitiba quanto nas cidades do interior do Estado do Paraná. Inclui-se aqui, as provas para os candidatos aos cursos do Setor de Educação Profissional e Tecnológica e os candidatos ao cargo de Cadete Policial Militar e/ou Bombeiro Militar para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado do Paraná.

Modelos matemático-epidemiológicos, propostos com base nos dados oficiais divulgados, ainda não nos trazem segurança para que se tenha imediata definição de nova data para a aplicação da prova. Mesmo passado o pico de contaminação, há que se analisar o modo pelo qual ocorrerá a diminuição de casos, que pode se estabilizar em patamares perigosos, podendo influenciar, inclusive, outros concursos que venham ocorrer em futuro breve.

Por essa razão agradecemos a compreensão, responsabilidade e solidariedade de todos, nesse momento dramático que aflige a comunidade paranaense.

 

Ouça a melhor rádio on-line do Brasil

Sertaneja, Moda de Viola, Bandas e Gauchescas

Acesse: radiocorreiodopovo.net 

Ou abaixe o aplicativo para Android na Play Store

E continue sempre informado das notícias Paraná, Brasil e Mundo

Salve: correiodopovo.net (portal de noticias) ou radiocorreiodopovo.net (rádio online) na sua barra de tarefas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *