Grêmio enfrenta o Guaraní em busca de vantagem na Libertadores

Grêmio enfrenta o Guaraní em busca de vantagem na Libertadores

No jogo de ida das oitavas de final, no Paraguai, Renato Portaluppi irá igualar recorde de Foguinho, com 383 jogos

 

O Grêmio está nas oitavas de final da Libertadores da América pelo quinto ano consecutivo. E a partida desta quinta-feira, contra o Guaraní, a partir das 21h30min, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, tem um ingrediente especial. O jogo de ida diante dos paraguaios será o de número 383 de Renato Portaluppi como técnico do Tricolor, igualando o recorde de Oswaldo Rolla, o “Foguinho”, como os treinadores que mais vezes estiveram no comando do time. E não há forma melhor de exaltar a marca do que uma vitória que dê a vantagem ao Grêmio no confronto de 180 minutos.

Esse é o objetivo no Paraguai, trazer um resultado que possibilite jogar com uma maior tranquilidade na próxima semana, na Arena. “O resultado ideal é uma vitória, não há dúvidas. Na Libertadores tem que estar concentrado, a gente sabe que a equipe do Guaraní marca muito forte, tem imposição física”, destaca o centroavante Diego Souza. Marcar um gol fora também é importante, já que há o saldo qualificado. “Marcar gols te dá uma vantagem muito grande”, projeta o jogador.

O duelo desta noite colocará frente a frente um time com tradição de sobra na Libertadores contra outro que costuma incomodar os brasileiros. O Grêmio, com três conquistas, carrega o favoritismo. O Guaraní é o franco atirador, mas já despachou, por exemplo, o Corinthians na fase preliminar. E na fase de grupos, criou problemas para o Palmeiras, principalmente no Defensores del Chaco.

“A tradição ajuda muito, ainda mais quando você vem disputando esse campeonato há alguns anos. É uma competição diferente. Jogo de Libertadores é dedicação, transpiração, e no momento que tiver a bola inspiração para fazer as coisas acontecerem”, define Diego Souza.

O Grêmio fez o último treinamento na tarde desta quarta-feira. Renato manteve as dúvidas nas laterais e no meio-campo. Mas a tendência é que Victor Ferraz e Diogo Barbosa iniciem no setor defensivo. No meio, Lucas Silva pode ingressar na equipe para aumentar o poder de marcação.

 

Ouça a melhor rádio on-line do Brasil

Sertaneja, Moda de Viola, Bandas e Gauchescas

Acesse: radiocorreiodopovo.net 

Ou abaixe o aplicativo na Play Store

E continue sempre informado das notícias Paraná, Brasil e Mundo

Salve: correiodopovo.net na sua barra de tarefas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *